BLOG

Últimas do blog:

Quando a pesquisa clínica é indicada para os pacientes oncológicos?

Compartilhe:

Os ensaios clínicos procuram novas maneiras de prevenir, detectar ou tratar as doenças. O seu maior objetivo é determinar se um novo tratamento funciona e é seguro. Eles são muito utilizados para as mais diversas doenças, principalmente quando falamos do câncer, podendo promover a cura e salvar milhares de pessoas no futuro.

A indicação dos pacientes oncológicos para a participação dos estudos clínicos vai depender muito de seu objetivo. Estes podem encontrar novas terapias, aprimorar o seu diagnóstico, gerenciar os seus sintomas e os efeitos colaterais de seu tratamento, que prejudicam, e muito, a qualidade de vida dos pacientes.

Tanto pessoas saudáveis quanto pessoas enfermas têm interesse de participar de um estudo clínico. No caso dos voluntários saudáveis, eles conseguem ter a oportunidade de contribuir para o avanço da ciência e ajudar milhares de indivíduos. Já os pacientes oncológicos, além de tudo isso, encontram uma nova esperança com o acesso a terapias promissoras, principalmente os que passaram por diversos tratamentos convencionais e não obtiveram a melhoria esperada.

Os ensaios estão disponíveis para todos os estágios do câncer. Enganam-se aqueles que pensam que são apenas para pessoas com estágio avançado. Devido à grande exigência dos estudos, os pacientes são acompanhados bem de perto por uma equipe multidisciplinar a fim de garantir sua segurança e a coleta segura dos dados.

 Portanto, percebemos o quanto a indicação de voluntários é fundamental para aperfeiçoar as intervenções médicas diante de uma enfermidade tão grave e instável quanto é o câncer. Os pacientes oncológicos podem mudar o rumo de seu tratamento, assim como o de milhares de pessoas que foram ou serão diagnosticadas com o câncer e que poderão, da mesma forma, desfrutar de um tratamento inovador, seguro e eficaz!