BLOG

Últimas do blog:

Saiba mais sobre o câncer de trato biliar!

Compartilhe:

Apesar de não ser uma enfermidade muito comum, o câncer de trato biliar afeta a vida de diversas pessoas anualmente. Nos Estados Unidos, por exemplo, são diagnosticados cerca de 14 mil casos novos por ano. Devido a este e outros fatores, é necessário esclarecer algumas dúvidas sobre esse câncer, como: diagnósticos, tratamentos e exames necessários para prevenção.

Os tumores do trato biliar são tradicionalmente divididos em tumores da vesícula biliar e neoplasias primárias do fígado, no qual na maioria dos casos a frequência aumentam com a idade, acometendo principalmente a faixa dos 65 anos.

O câncer de trato biliar está mais associado com pacientes que possuem cálculos biliares, principalmente grandes e dolorosos. Além disso, também está relacionado ao sexo feminino, obesidade, alta ingestão calórica, infecção bacteriana da bile, pólipos e calcificação da vesícula.

Porém, seu diagnóstico é muito difícil, uma vez que os sintomas não são específicos. Entre os sintomas mais comuns podemos citar: obstrução do ducto biliar, dores no quadrante superior direito, fadiga e mal-estar.

Dentre os exames mais comuns para o diagnóstico da doença estão os exames de imagem como: ultrassonografia do fígado e vias biliares, a tomografia computadorizada, a ressonância magnética, sendo que a colangiografia é ainda o melhor procedimento para acessar a ressecabilidade do tumor.

O CEPHO possui um estudo aberto para o câncer de trato biliar! Inscreva-se, indique e compartilhe o nosso estudo e ajude a transformar a vida de milhares de pessoas!