BLOG

Últimas do blog:

O que faz com que homens tenham mais casos de câncer que as mulheres?

Compartilhe:

Estudos apontam que metade dos homens terão câncer na vida, enquanto, do lado das mulheres, apenas um terço será afetado pela doença. A pergunta que muitos se fazem é: por que o sexo masculino tem mais chances de desenvolver câncer?

Esse questionamento tem ganhando cada vez mais força entre os pesquisadores, que buscam saber se essa é questão hormonal ou se há outros fatores que podem contribuir com isso. Por muito tempo, os argumentos apresentados para tal teoria se basearam no estilo de vida mais “despojado” dos homens, além de fatores ambientais – que envolvam a ocupação e o trabalho em si.

Porém, nem tudo pode ser tão simples como parece.

Muitas teorias foram propostas nos últimos anos, mas a mais relevante foi levantada pela Escola Médica de Harvard. A partir de uma pesquisa minuciosa, eles descobriram que o segredo pode estar nos genes.

Utilizando a premissa de que homens nascem com os cromossomos XY e mulheres com XX, os cientistas desativaram os genes do cromossomo X por meio de um processo químico não irreversível. A descoberta foi que o X possui genes que podem controlar atividades celulares de diversos tipos e evitar, por que não, tumores.

Os genes desse tipo receberam o nome coletivo de EXITS. O fato é que quando um deles, o KDM6A, passa por alguma mutação, as células se tornam mais “permissíveis” e propensas a desenvolver células cancerosas. Basicamente, esse é um mecanismo biológico de defesa contra o câncer. Por estar localizado no cromossomo X, o resultado é que a mulher tem uma “proteção dupla” por assim dizer.

Ainda há muito a ser descoberto e provado, mas se a teoria se confirmar, podemos estar diante de diversas possibilidades e, quem sabe, perto de novas ferramentas que ajudarão no tratamento de diversos tipos de câncer!