BLOG

Últimas do blog:

Você sabe como os estudos do CEPHO impactaram no tratamento do câncer?

Compartilhe:

Desde 1996, o Centro de Estudos e Pesquisas de Hematologia e Oncologia atua com excelência, qualidade e segurança na condução de estudos clínicos que possam, de alguma forma, minimizar os prejuízos do câncer e otimizar a melhora significativa dos nossos pacientes.

Por se tratar de uma doença caracterizada, principalmente, por sua agressividade e pela grande dificuldade em encontrar um método eficaz e eficiente que possa combatê-la efetivamente, a preocupação dos investigadores, médicos e profissionais da saúde vem se tornando cada dia maiores.

Durante todos esses anos, o CEPHO vem impactando o setor da pesquisa clínica de forma positiva com a participação em estudos que mudam a concepção de muitos tratamentos e do cuidado com o paciente com câncer. Confira alguns deles a seguir e entenda na prática como a pesquisa clínica pode impactar positivamente milhares de vidas!

Cleopatra

É possível citar algumas mudanças em que o centro esteve presente, como por exemplo o estudo Cleopatra. Ele confirmou a superioridade do pertuzumabe em câncer de mama metastático HER2+. Em outras palavras, o estudo comparou a combinação de dois anticorpos monoclonais em associação com quimioterapia com docetaxel versus o tratamento com trastuzumabe e quimioterapia. O estudo ainda gerou respostas de sobrevida global para os pacientes com este tipo de câncer.

Heratrial e Emilia

Outros dois estudos muito importantes para o centro foram, também em referência ao câncer de mama e feitos em função da busca por uma maior sobrevida de pacientes, denominados Heratrial e Emilia. Ambos tiveram resultados positivos e alcançaram novos patamares no que tange o tratamento oncológico, além de garantir o aumento da expectativa de vida desses pacientes.

O CEPHO continua se empenhando para encontrar respostas ainda mais assertivas. Por isso é necessário compreender a importância dos centros de pesquisas dispostos a caminhar nessa mesma jornada.

Com o apoio de profissionais da saúde, patrocinadores e voluntários de pesquisa, podemos chegar ainda mais longe e continuar trazendo novas perspectivas para a comunidade científica e para os pacientes oncológicos.

Quer conhecer todos os nossos estudos abertos? Clique aqui!

É um profissional da saúde e gostaria de indicar um paciente? Clique aqui!